Lídia Carmeli

Todo dia Música e Poesia

Textos

VAGINA

Lábios que desabrocham, vibram qual borboletas
No silêncio do feminino, a origem do mundo
Na boca o poema, orgasmo da Criação
Lídia Carmeli
Enviado por Lídia Carmeli em 11/12/2013
Alterado em 11/12/2013
Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras